quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Escolha da Familia



A escolha da familia, pra mim é uma das partes mais importante do programa de au pair, sua escolha resultará no sucesso ou insucesso do programa, mas em se tratando da escolha aprendi que temos que ser bem flexíveis.

Uma das coisas mais importante, é o tal felling, antes achava isso uma bobagem, mas hoje conversando com as familias vejo o quanto isso é importante.

Felling - Não sei explicar ao certo, mas é uma sensação de que você foi com a cara da familia, é quando você gosta do jeito deles, é muito difícil tomar qualquer decisão racionalmente quando sentimos isso por uma familia, agora entendo porque tem meninas que quebram a cara nos USA, porque, quando agente sente isso pela familia vc quer fechar de qualquer jeito com a familia não importa a quantidade de kids, o lugar, a data do embarque, se vc terá carro, ou, fds off, você simplesmente acha que se vc se esforçar bastante vai dar conta de tudo, e o sentimento que temos é tudo vai dar certo, e que TODO O RESTO é DETALHE juro! Tive que ser muito forte para dizer não para uma familia que tive felling, e o mais engraçado é que quando eu vi a familia não no meu app NÃO GOSTEI do profile da familia, nem queria falar com ela, e ai me aprendi mais uma coisa nesta saga de au pair, que temos que conversar com todas as familias, só conversando mesmo pra gente ver se gostamos ou não.

Algumas coisas são básicas e toda espera ter, mas que SÃO PRIVILÉGIOS não é obrigação da familia são coisas do tipo:

- Fim de Semana Off - Para aproveitar com os amigos;
- Carro - Pra usar no tempo livre/off;
- Banheiro - Só pra você usar sem ter que dividir com alguém;

Na escolha da familia pra mim tem algumas coisas que eu GOSTARIA encontrar na minha Host Family, tenho a convicção que todos os atributos em uma familia é difícil encontrar, mas espero ter a alguns deles:

- Gostaria que as crianças fossem maiores de 2 anos, porque, é a faixa etária que tenho mais experiência;
- Adoraria que na familia tivesse uma menininha;
- Gostaria de cuidar de 2 a 3 crianças;
- Gostaria que a familia fosse da costa leste(não sei encasquetei com isso!);

Precisamos ser flexíveis, já teve familia no meu app que tinha todas as coisas que eu procuro em uma familia mas não fui com a cara, então aprendi que tudo depende, podemos ceder em algumas coisas, mas o mais importante é gostar da familia porque se agente já gostando chega lá não dá certo imagina se agente não gosta da familia? as chances de não dar certo é muito maior!!!

Boa sorte pra todas que estão nesta fase!

12 comentários:

Ana Carolina Oliveira disse...

Oi Nádia!!
Ainda não estou nessa fase, mas tenho certeza que se identificar com a família é o primeiro passo!
Good luck with your choices!!
Ah, estou em busca de creches para trabalhar como voluntária, já entrei em contato com algumas, vc me indicaria uma?
Beijão!

Letícia disse...

Legal tb enquasquetei com a costa lesta... mas tudo depende, as que creem até orientação de Deus pedem pq o negócio é sério!!

adorei o post
bj

Emi disse...

Feeling é tudo !
Acho que se você não sentir o feeling e chega lá na família, é quase certeza que você entrar em rematch .. D:
Os meus privilégios são quase parecidos com os seus .. HAHAHAHAH
Acho que tirando a parte de preferir a costa leste, por mim, já que eu não tenho tanta preferencia, tanto faz .
Mas lembra que se você começar a exigir muita coisa, a busca pela família fica um tanto que complicada ..
Bem .. Boa sorte na sua saga que eu estou nessa fase e não paro de entrar no e-mai l ..

Beijos ! ;*

Amanda Tavares disse...

Oi Nádia!
Tô de volta com meu blog, depois de mais de dois meses de abandono completo :D
Adorei seu post sobre o feeling. Depois de fechar o match, posso dizer que ele existe meeeeeeesmo, pois eu tbm queria ir para uma família da costa leste, com quarto no basement, e carro e banheiro só pra mim. Acabei fechando com uma família da costa oeste, meu quarto é no andar de cima, meu acesso ao carro é limitado e eu divido banheiro com as crianças! kkkkkkk
Mas eles são a família que eu mais gostei, que eu senti algo especial... com certeza era o feeling! Estou certa que foi Deus quem colocou minha host family na minha vida... eles são ótimos, e eu estou muito feliz aqui :D Boa sorte com o processo!

Fran disse...

Oi nádia, quando você pretente ir? Fevereiro? Bjoo

Luana Silva disse...

Oie Naaaaa, então, a escolha da family ideal é uma escolha bem complexa pois temos que discernir que a nossa ansiedade não pode aceitar coisas que a rotina recriminaria totalmente... como não custa sonhar, eu também tenho um projeto de family ideal para mim mas não terei problemas em ter o match com uma family totalmente diferente dessa dos meus sonhos. Só vivendo mesmo pra gente saber!!! por isso temos que apostar no feeling, perguntar tuuuuuuuudoooo que pudermos e enfim... seja o que Deus quiser, e boa sorte em tuuuuudoooo!!!

Nay disse...

Ooooiii
Aaaaai esse feeling! Ele eh a grande chave MESMO!!!!

Mas tbm nao deixe de ver o q te fara feliz. Vc precisa, sim, se sentir bem na casa que iras morar.

Luana Silva disse...

Naaaaaaa a nossa hora vai chegar, vc já falou com qtas families????

Thalita disse...

Querida, amei seu blog e estou seguindo... vc vai quando? Add meu blog tb se quiser..beijos

Luzinha disse...

Naaaa, venha cá contar tudo sobre a sua entrevista do visto e sobre a escolha da sua family... além disso vc precisa compartilhar como está o dia a dia pós match e pós visto aprovadoooo, uhuuulll, maravilha... não esqueça de contar que vamos voar e fazer o treinamento juntinhassssssssss, adorooooooooooo!
Mil beijossssssss... torce por mim amor,e meu visto será dia 03/01

Lanna Rezende disse...

Nádiia to torcendo por vce taa... e Tbm queria mto mto mto te agradecer , pqe seu blog me ajudou mto mto com as coisas do Itep, ainda não fiz, mas pelo menos já posso estudar ... pqe ja tenho o que estudar... mto mto obrigadaaa =D

Ma Cirne disse...

Oi Nádia....estou no processo tbm..mas no comecinho de tudo ainda...como tbm vou pela experimento estou aki te seguindo ok????bjinhoss e boa sorte ai..!!!!

Postar um comentário